segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Qual a diferença entre o TERERÉ e o CHIMARRÃO

As duas bebidas são preparadas a partir da erva-mate e consumida de maneira diferente


O Tereré

O Tereré  é preparado com a erva-mate em infusão de água fria,  além da água podemos incluir limão (principalmente), hortelã, entre outros, diferentemente do chimarrão, que é feito com água quente, o tereré é consumido com água fria, resultando em uma bebida agradável e refrescante.

O mate do tereré  quando triturado fica mais grosso,  portanto não tem problemas de entupir a bomba, se ocorrer,  indica que o mate  pode ser  de má qualidade devida a quantidade de pó.  

A bomba é utilizada para filtrar a infusão do tereré, para que não se absorva o pó da erva triturada. Estas são feitas normalmente de alumínio, e nunca devem ser feitas de ferro por causa da oxidação, que altera o sabor da infusão. Também é possível encontrar feitas de ouro, prata, alpaca e aço inox.

Tanto a bomba quanto a guampa podem ter adereços com figuras dos símbolos da família, iniciais de nome ou pedras preciosas.

veja alguns modelos de guampas e bombas


 
O Chimarrão

 
O chimarrão (ou mate) é uma bebida característica da cultura do sul. É um hábito legado pelas culturas indígenas quíchuas, aimarás e guaranis. Ainda hoje, é hábito no Sul do Brasil (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul), parte da Bolívia e Chile, Uruguai, Paraguai e Argentina.

O termo mate, como sinônimo de chimarrão, é mais utilizado nos países de língua castelhana. O termo "chimarrão" é o adotado no Brasil.
O chimarrão é montado com erva-mate moída ( mais fina que a erva mate do Tereré), adicionada de água morna, com um gosto mais amargo, dependendo da qualidade da erva-mate. (importante não pode deixar a água alcançar fervura pois pode queimar a erva).

Para seu preparo é fundamental a cuia, vasilha feita do fruto da cuieira ou do porongo, sendo simples ou ornada em ouro, prata e outros metais, com a largura de uma  caneca e a altura de um copo fundo, no formato de mais arredondado (no caso do porongo) ou no de uma esfera (no caso da cuieira), tambem a bomba ou bombilha  de cerca de 25 centímetros de comprimento, em cuja extremidade inferior há uma pequena peneira do tamanho de uma moeda.


modo de preparo






A Erva Mate  







A erva-mate  é uma árvore da família das aquifoliáceas, originário da região subtropical da América do Sul, presente no sul do Brasil, no centro oeste do pais (Mato Grosso do Sul), norte da Argentina, Paraguai.

Pode atingir 12 metros de altura, tem caule cinza, folhas ovais e fruto pequeno e verde ou vermelho-arroxeado. As folhas da erva-mate são aproveitadas na culinária. Pode ser consumida como chá quente ou gelado (muito popular na região sudeste do Brasil), ou como chimarrão no sul do Brasil, principalmente nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, no Uruguai, no sul da Bolivia e na Argentina. É também consumido como tereré, em alguns estados.

Propriedades:  Estudos detectaram a presença de muitas vitaminas, como as do complexo B, a vitamina C e a vitamina D, e sais minerais, como cálcio, manganês e potássio. Combate os radicais livres, auxilia na digestão e produz efeitos anti-reumático, diurético, estimulante e laxante, não é indicado para pessoas que sofrem de insônia e nervosismo, pois é estimulante natural e contém saponina, que é um dos componentes da testosterona, razão pela qual melhora a libido.


Dica: fique atento ao comprar Erva Mate, pois  temos diversas marcas disponiveis, além da qualidade, é importante observar na embalagem a informação se a erva é para o Chimarrão ou para o Tereré, pois o processo final é diferente um do outro e isso vai interferir no sabor final.

veja algumas opções de marcas

Ficou curioso?
Visite este blog  colecaodeervamate.blogspot.com,  é  específico sobre a Erva Mate

fontes: wikipedia / terere shop/ a rota da erva mate

Um comentário:

Anônimo disse...

Mt bom

Visite também!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...